Liberação de 1,47 milhão é anunciada para projeto de reabilitação no Pará

, Construção

O presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber Morais, anunciou o repasse de R$ 1,47 milhão para ajudar na construção do projeto Centro Especializado em Reabilitação tipo IV (CER IV), do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA). A construção do CER visa ajudar na reabilitação dos pacientes, fortalecendo a inclusão social nas especialidades das áreas visuais, auditivas, físicas e intelectuais.

O gestor exaltou a importância da obra para a unidade. “Vejo que é um projeto importante e a liberação desses recursos impulsionará sua implementação. Esse é o papel de um hospital universitário federal: oferecer assistência de qualidade aliada ao ensino, pesquisa e extensão”, ressaltou Morais.

A conclusão das obras credencia os hospitais universitários Bettina Ferro de Souza (HUBFS) e João de Barros Barreto (HUJBB), que compõe o Complexo, à referência no assunto no estado. No local, ainda será construído um andar para realização de pesquisa técnica nas áreas em que os HUs já são consolidados como modelo. Além das unidades filiadas à Ebserh, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no Pará que necessitarem do serviço poderão ser encaminhados ao CER.

Início do projeto

O CER IV foi idealizado pelo superintendente Paulo Amorim e pela enfermeira aposentada Cristina Mitikó, quando Amorim ainda atuava como diretor do HUBFS. “Esse projeto é um sonho que alimentamos desde 2012. Por ser arrojado e atenderá demanda reprimida de deficientes auditivos, visuais, físicos e intelectuais persistimos nele, certos da grandiosidade do seu funcionamento”, enfatizou Amorim.

Para a enfermeira, além de um sonho, é a possibilidade de garantir à população carente o acesso à reabilitação. “Caso a reabilitação não seja oferecida de imediato, afeta na qualidade de vida da pessoa com deficiência em todos os níveis”, afirmou.

Deixe uma resposta