Hospital São Vicente de Paulo amplia serviço de cirurgia bariátrica

Health ARQ

, Sem categoria

Com o intuito de aumentar as opções de cirurgia bariátrica no tratamento de pacientes com obesidade mórbida, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), no Rio de Janeiro, dispõe, agora, do procedimento feito por videolaparoscopia. Diferentemente do convencional, a técnica adotada é menos dolorosa e a recuperação mais rápida, já que não há cortes no abdômen do paciente. A cirurgia Bypass Gástrico poderá ser feita no HSVP a partir da primeira quinzena de novembro.
No procedimento, o médico reduz o estômago do paciente e cria um atalho entre o órgão e o intestino delgado, diminuindo o trajeto do alimento no sistema digestivo e reduzindo a absorção de nutrientes e calorias. Segundo o cirurgião geral do hospital, Josué Kardec, na videolaparoscopia, o processo de cortes e suturas é realizado com o suporte de cabos introduzidos por cinco ou seis pequenas incisões, sendo uma no umbigo e as outras em regiões próximas.
“Uma câmera filma a parte interna, levando a imagem até uma tela, onde vemos os órgãos de forma ampliada. Outro cabo leva uma pequena luz para iluminar os órgãos, já que o ambiente é escuro, e usamos, também, um sistema de insuflação de gás para abrir espaço e manipular o abdômen. Pelos cabos introduzimos ainda as pinças e os grampeadores que farão os cortes e suturas”, explica o médico.

Para diretora executiva do HSVP, Irmã Marinete Tibério, com a nova oferta, a unidade estará unindo uma tecnologia de ponta à larga experiência dos médicos do hospital, que sempre se mostraram conservadores, mantendo a cirurgia tradicional até que tivessem certeza de que a técnica por vídeo fosse segura e não oferecesse risco para o paciente. “Dentro perspectiva de modernidade aliada à segurança e qualidade do procedimento, o procedimento é um grande avanço que o hospital disponibiliza para seus clientes. Acreditamos que a nova técnica traz vantagens benéficas para o paciente pela rápida recuperação e redução considerável do tempo de internação, com menos trauma e menos dor”, declara a Irmã.
O médico Josué Kardec chama atenção em relação à escolha do método para a realização da cirurgia bariátrica. O cirurgião explica que a opção por um ou por outro depende da condição de cada paciente, e que somente após a realização dos exames pré-operatórios se chega a uma conclusão de qual o método mais indicado para a cirurgia. Segundo Kardec, a maior preocupação em começar a fazer cirurgias por vídeo no HSVP é manter os mesmos resultados positivos alcançados na cirurgia convencional. “Na unidade, nunca houve registros óbito ou complicação durante os procedimentos bariátricos”, comemora o médico.

Hospital completa 34 anos
No mês de novembro, o Hospital São Vicente de Paulo completa 34 anos, sempre sob a direção das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo. Entre as conquistas de 2014, destaca-se a ampliação em 100% dos leitos de CTI, que passou a contar com 20 leitos de CTI – dos quais 10 são destinados aos pacientes clínicos graves e 10 à Unidade Cardiointensiva. Com a ampliação do setor, os leitos passaram a ser individuais, em espaços privativos, em lugar dos antigos boxes, o que permite o acolhimento dos pacientes de forma mais reservada. Com as mudanças, os pacientes podem ser atendidos em uma área mais moderna em arquitetura e tecnologia, sem deixar de lado a excelência assistencial comum ao hospital.
Outro investimento da direção este ano, foi à inauguração do Centro Avançado de Urologia. O serviço foi ampliado, apostando na tradição e capacitação da equipe médica, que, em sua maioria, é composta pelos mesmos profissionais que inauguraram o serviço há 36 anos. O centro oferece atendimento ambulatorial e Emergência 24 horas, além de ser referência para o tratamento do cálculo renal e doenças da próstata.
O Centro Avançado de Oftalmologia também passou por mudanças em 2014. Com o novo investimento, o serviço passou a contar com três novas tecnologias de ponta: um microscópio especular da córnea, um microscópio cirúrgico Leica de última geração e um vitreófago Constelation, que também é um dos mais recentes e modernos de sua classe. As novas aquisições tornaram o serviço ainda mais completo, possibilitando a realização de novos procedimentos e exames que antes não eram realizados no hospital.

Deixe uma resposta