Hospitais seguros e a segurança do paciente: engenharia e arquitetura contribuindo para os ambientes de saúde do futuro

, Sem categoria

A segurança dos edifícios hospitalares vai ocupar a agenda de interesse e preocupações com intensidade cada vez maior neste século, sobretudo para os profissionais de engenharia, arquitetura e gestão dos estabelecimentos assistenciais de saúde.

Esta exigência de cuidado e planejamento de segurança comporá, gradativamente, o referencial de cuidados tanto na elaboração de projetos quanto na sua construção, exigindo compromissos técnicos na construção e manutenção, assim como  responsabilidades sobre eventuais impactos na saúde dos pacientes.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o conceito dos Hospitais Seguros deveria ser adotado como uma política nacional, como um símbolo da atitude intersetorial para a redução de riscos. A redução da vulnerabilidade dos edifícios hospitalares deve ser, portanto, uma prioridade mundial a partir deste ano de 2015.

O conforto e a segurança do paciente acompanharão estas preocupações em escala de percepção cada vez mais próxima do usuário comum na medida em que estes referenciais já fazem parte do cenário de obrigatoriedade exigidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) .

Durante os dias 1 a 5 de junho deste ano de 2015, acontecerá, na pequena cidade de Turku, Finlândia, o mais importante encontro mundial de profissionais, pesquisadores, empresas de tecnologias e equipamentos, além de instituições de engenharia e arquitetura hospitalar para discutir o futuro das edificações hospitalares. Neste período ocorrerão dois importantes eventos:

  • O 6º Congresso Europeu para Engenharia Hospitalar (The 6th European Congress for Hospital Engineering – ECHE).
  • O 48º Encontro do Conselho Geral da Federação Internacional de Engenharia Hospitalar (International Federation of Hospital Engineering (IFHE), Council Meeting Nr. 48).

 O Brasil estará representado no 48º Encontro do Conselho pelo Presidente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do edifício Hospitalar, arquiteto Márcio Oliveira e por mim, como Membro do Comitê Executivo (EXCO – Executive Committée), que também farei uma palestra sobre Human comfort and patient safety in healthcare: demands, perceptions and solutions (Conforto Humano e segurança do paciente em estabelecimentos assistenciais de saúde: demandas, percepções e soluções).

O 6º congresso Europeu é um evento bienal promovido pela Unidade Européia da Federação Internacional de Engenharia Hospitalar IFHE) que, após ter acontecido em Baden-Baden na Alemanha, Viena na Áustria, Goes na Holanda, Paris na França e Berna na Suiça, acontecerá pela primeira vez na cidade de Turku, Finlândia.  O tema do evento será Melhor Produtividade em Ambientes de Saúde com Tecnologias (Better productivity in  healthcare  with  technology).

A arquitetura e a engenharia terão, portanto, a oportunidade de contribuir, através dos processos críticos e da utilização das novas tecnologias, viabilizando hospitais seguros, construídos para serviços de saúde com igual segurança quando aplicada para a finalidade assistencial de acolhimento e tratamento das necessidades humanas.

Deixe uma resposta