Arquitetura baseada em evidências e o processo de humanização dos espaços hospitalares

Health ARQ

, Sem categoria

O conceito de Arquitetura Baseada em Evidências (ABE) se da través da ideia de determinismo arquitetônico, ou seja, no reconhecimento de que o ambiente físico exerce uma influencia mensurável no bem-estar de seus ocupantes e desempenha um papel fundamental no processo do cuidado da saúde. As ideias relacionadas à ABE diferenciam-se da forma tradicional de se pensar o espaço, porém ainda são poucos os projetistas que utilizam esta metodologia, que tem na psicologia ambiental uma de suas bases conceituais.

O desenho de um estabelecimento de saúde que seja baseado nas recomendações da ABE deve incluir aspectos como o foco na redução de estresse, por meio da provisão de espaços dedicados ao suporte social, elementos arquitetônicos que permitam o controle e a privacidade do paciente, decoração que promova as distrações positivas (por meio de obras de arte, música, entretenimento) e paisagismo que explore de forma ampla a influência da natureza.

É sabido que um ambiente hospitalar bem projetado e construído pode contribuir de forma decisiva para reduzir os índices de infecções hospitalares. As taxas de infecções hospitalares são menores quando o ambiente possui ar e água de qualidade, por exemplo. A utilização de medidas de controle da qualidade do ar, a escolha de materiais fáceis de limpar e a preferência por quartos individuais, com banheiros privativos, resulta em significativa redução dos riscos. Estudos conduzidos nos Estados Unidos e na Europa, em especial a partir dos anos 60, demostraram que os erros médicos não eram causados apenas por falhas de procedimentos, mas geralmente estavam vinculados a fatores ambientais. Por exemplo, as taxas de erros aumentavam quando ocorriam interrupções e distrações causadas por barulhos inesperados (por exemplo, um telefone tocando) e diminuíam consideravelmente quando o nível de ruído era reduzido e a iluminação das superfícies de trabalho era adequadamente dimensionada.

Estudos científicos também comprovaram que expor pacientes à natureza promove um alívio significativo na sensação de dor. Alguns pesquisadores chegam a sugerir que os pacientes sentem menos dor quando expostos a altos níveis de luz natural em seus quartos. Outros sugeriram que elementos visuais que mostram imagens da natureza também ajudam a diminuir a dor do paciente, reduzindo o consumo de analgésicos.

Igualmente, a perturbação e a consequente diminuição do sono são problemas comuns em hospitais. A melhoria da performance acústica, com a utilização de materiais que possuam menor tempo de reverberação, aumenta a qualidade do sono, o que ajuda a reduzir os níveis de estresse do paciente. Um ambiente que apresenta características estressantes piora o estado emocional dos pacientes e prejudica sensivelmente os resultados do cuidado à saúde. Estudos experimentais mostraram, por exemplo, que o nível de estresse se reduzia em poucos minutos quando o paciente observa cenas da natureza, reais ou simuladas. Os jardins terapêuticos são exemplos de uma boa utilização das recomendações da ABE, geralmente com ótimos resultados.

A confidencialidade e a privacidade do paciente e seus acompanhantes também deve ser considerada como uma das mais importantes recomendações da ABE. Quartos e sala privadas para discussão de casos, por exemplo, aumentam significativamente a sensação de privacidade do paciente e ajudam a melhorar os resultados dos tratamentos. São recomendados também a provisão de espaços intermediários e de salas de espera confortáveis e dispostas em pequenos ambientes, como forma de encorajar a interação social.

Estes aspectos projetuais, por mais que às vezes se pareçam com lugar-comum ou simples utilização de boas práticas, advém de estudos estruturados e possuem ampla comprovação científica de sua eficácia. O desafio que se apresenta é fazer com que mais projetistas tomem conhecimento da ABE e não só passem a adotar estas recomendações de forma consciente e informada, mas também colaborem com a construção do conhecimento sobre o assunto, avaliando a eficácia das soluções adotadas.

Deixe uma resposta